Noticia – ANPAC nomeada pela FPAK

/Noticia – ANPAC nomeada pela FPAK
Noticia – ANPAC nomeada pela FPAK2019-04-15T14:36:56+00:00

ANPAC nomeada pela FPAK como promotora dos Campeonatos de Portugal  de Clássicos de Velocidade, Clássicos 1300, Legends, Open de Portugal e Taça de Portugal de Velocidade

Velocidade nacional inaugura uma nova era em 2019

A FPAK (Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting) atribuiu à ANPAC (Associação Nacional de Pilotos de Automóveis Clássicos) a promoção dos Campeonatos de Portugal de Velocidade de Clássicos, Clássicos 1300, Legends e do novo Open de Portugal de Velocidade.
Abre-se um novo capítulo na modalidade em Portugal, com o arranque já nos dias 13 e 14 de abril, no Circuito do Estoril.
Depois de mais década a dinamizar as competições de Clássicos nos circuitos nacionais, a ANPAC foi a entidade escolhida para a promoção de quatro importantes competições no panorama da Velocidade nacional a partir de 2019: Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos, Campeonato de
Portugal de Velocidade Clássicos 1300, Campeonato de Portugal de Velocidade Legends, e uma nova competição que promete revigorar a modalidade em Portugal, o Open de Portugal de Velocidade.
Mantendo a política de estabilidade e promoção do espírito das corridas de Clássicos e Legends em Portugal, a organização da ANPAC espera estender o seu trabalho, dedicação e profissionalismo ao novo Open de Portugal de Velocidade, um campeonato aberto a diferentes tipos de viaturas e que terá um calendário composto por quatro provas: Circuito do Estoril (13 e 14 de abril), Circuito de Braga (18 e 19 de maio), Circuito Internacional de Vila Real (6 e 7 de julho) e Circuito de Portimão (26 e 27 de outubro). Refira-se que os campeonatos de Portugal de Clássicos e Legends partilharão as três primeiras datas com o Open (Estoril, Braga e Vila Real) mas terão depois jornadas próprias em Braga (21 e 22 de setembro) e Portimão (2 e 3 de novembro).
Principal novidade para a época de 2019, o Open de Portugal de Velocidade está aberto a viaturas de Turismos (divididos por sete categorias), GT (três categorias) e Super Seven (duas categorias), tendo permitido também a incorporação de viaturas TCR Ibérico na sua grelha. Os três títulos em disputa são relativos aos Turismos, GT e Super Seven, não existindo um título absoluto.
Em relação ao formato dos eventos, enquanto os Campeonatos de Portugal de Velocidade de Clássicos e Legends mantêm o esquema habitual de duas corridas por fim de semana, o novo Open de Portugal de Velocidade terá um total de três corridas por prova, duas em formato Sprint (duração até 25 minutos) e uma de Endurance (40 minutos). Uma competição que, de acordo com diversos intervenientes, entre responsáveis da FPAK, ANPAC, pilotos e equipas, promete ser adequada à realidade nacional das corridas de Velocidade, provando que a diversidade e a qualidade das viaturas em pista pode ser sinónimo de espetáculo e competitividade. Aqueçam-se os motores para o Estoril!