CAMPEONATO OPEN DE VELOCIDADE

/CAMPEONATO OPEN DE VELOCIDADE
CAMPEONATO OPEN DE VELOCIDADE2019-05-27T16:43:17+00:00

CIRCUITO DE BRAGA
Open de Portugal afirma-se na Velocidade

A grelha do Campeonato Open de Portugal de Velocidade, a mais recente competição dos circuitos nacionais, cresceu para 14 viaturas nesta segunda prova do ano, no Circuito Vasco Sameiro. Como é habitual, o programa do fim de semana bracarense teve três corridas: duas de Sprint (20 minutos) e uma de Endurance (40 minutos).

Na Corrida 1, no sábado, Miguel Lobo conseguiu levar o Mercedes AMG GT4 (categoria G3) à vitória, embora não exista um campeonato absoluto no Open de Velocidade. O jovem piloto de Paços de Ferreira só perdeu momentaneamente o comando para Nuno Batista (Porsche 997 GT3 Cup, categoria G2), passando a liderar o pelotão a partir da segunda volta. Quando faltavam cerca de seis minutos para o final da corrida, o SEAT León Mk3 (categoria TCR) de Pedro Marques teve um problema mecânico e ficou parado na pista, obrigando à entrada do Safety Car.

A corrida terminou com o pelotão atrás do carro de segurança, numa altura em que Nuno Batista (vencedor da categoria G2) já tinha conseguido subir ao segundo lugar da geral, posição que chegou a ser ocupada por Francisco Mora, ao volante do SEAT Cupra da categoria TCR. Gonçalo Manahu, a fazer a sua estreia no Open de Velocidade com o Porsche 997 GT3 Cup, foi o quarto classificado da geral, seguido por Daniel Teixeira, no SEAT León Mk3 da categoria TCR DSG. Paulo Martins colocou o Volkswagen Golf (T2) na sexta posição, logo seguido pela jovem Gabriela Correia (SEAT León Mk3), que tal como José Correia e Pedro Marques, teve de partir para a corrida da via das boxes. A dupla Jorge Silva / Pedro Silva é outra estreia no Open de Velocidade e levou o Renault Clio (T4) ao oitavo lugar da geral, logo na frente do Honda Civic Type R (T4) de André Tavares e Miguel Mota. Outra presença de saudar na grelha do Open foi a do conhecido piloto bracarense Jorge Rodrigues, com o Fiat 500 Abarth da categoria T5, que terminou na frente de outro 500 Abarth, o de Kiko Mora, enquanto José Fafiães completou a classificação, com o Mazda MX5 (T5), numa corrida onde José Correia rumou às boxes com o Nissan GT-R (G1) logo após a primeira volta.

DIVERSIDADE E EMOÇÃO

O segundo e derradeiro dia de competição no Circuito Vasco Sameiro começou com a Corrida 2 do Open de Portugal de Velocidade, que, tal como no sábado, teve vários motivos de interesse nas diferentes categorias.

Depois dos problemas sentidos no dia anterior, quando teve de partir da via das boxes, José Correia capitalizou a sua pole position para a Corrida 2 e levou o Nissan GT-R Nismo GT3 (categoria G1) à vitória, seguido pelo Mercedes AMG GT4 (G3) de Miguel Lobo, que tinha sido o mais forte na Corrida 1, enquanto Nuno Batista colocou o Porsche 997 GT3 Cup (G2) no terceiro lugar.

Na Corrida 3, disputada em formato Endurance (40 minutos, com paragem obrigatória nas boxes), Miguel Lobo foi o primeiro líder da corrida mas, na altura das dobragens aos pilotos mais atrasados, o jovem piloto do Mercedes fez um pião e Nuno Batista passou para a frente. O piloto do Porto conseguiu depois abrir uma vantagem importante, que manteve com uma paragem irrepreensível na box da J2B Motorsport. Nuno Batista regressou à pista e confirmou a vitória na corrida mais longa do fim de semana. Miguel Lobo garantiu o segundo lugar e a melhor volta da corrida, com uma volta em 1m22,663s. Francisco Mora e o SEAT Cupra TCR foi o terceiro classificado da geral, na frente do Porsche 997 GT3 Cup (G2) de Gonçalo Manahu, que este fim de semana fez a sua estreia no Open de Velocidade.

Paulo Martins, com o Volkswagen Golf GTi (T2) completou o top 5, seguido por Pedro Marques (SEAT León Mk3, classe TCR), os estreantes Jorge Silva / Pedro Silva (Renault Clio, T4) e outro piloto que também aderiu ao Open de Velocidade, o bracarense Jorge Rodrigues (Fiat 500 Abarth, T5). A dupla André Tavares / Miguel Mota (Honda Civic Type R, T4) terminou no 9.º lugar, com Daniel Teixeira e Joaquim Santos a fecharem os dez primeiros, com o SEAT León Mk3 (categoria TCR DSG). Francisco Mora (Fiat 500 Abarth, T5), a dupla José Fafiães / Manuel Valente (Mazda MX5) e Gabriela Correia (SEAT León Mk3, T1) completaram a classificação da Corrida 3, embora a jovem piloto de 17 anos tenha sido obrigada a abandonar devido a um furo. Mais azarado, José Correia desistiu logo na segunda volta, com um problema na direção do Nissan GT-R.

Depois de Braga e Estoril, o novo Open de Portugal de Velocidade vai agora estrear-se em circuitos citadinos, no fim de semana do famoso Circuito Internacional de Vila Real, a 6 e 7 de julho.

RESULTADOS:http://cami.eternytime.com/results/index.php